top of page
  • matheuslopescomerc

Procon fiscaliza estabelecimentos após aumento de gás de cozinha


A Procuradoria Adjunta de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) iniciou as fiscalizações nos estabelecimentos que comercializam gás de cozinha. O objetivo é verificar se o reajuste aplicado está sendo repassado sem abusividade aos munícipes conforme determina o código de defesa do consumidor.

"Vamos fiscalizar todos os locais de venda de gás de cozinha e exigir cópias das notas fiscais de compra e venda. Queremos que o consumidor pague o preço correto, justo", afirmou o Procurador Adjunto de Proteção e de Defesa do Consumidor, Gilcimar Prata.


Ele explicou que as exigências das notas têm como finalidade evitar que os locais vendam o gás de cozinha, comprado anteriormente ao reajuste, com o novo preço. A ação seguirá durante a semana.

O aumento do gás de cozinha foi anunciado pela Petrobras no dia 11. A partir do dia 14, o preço médio de GLP sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras para R$ 3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg.

Posts recentes

Ver tudo

CONCESSÃO DE LICENÇA

PREFEITURA DE CASIMIRO DE ABREU CNPJ N° 29.115.458/0001-78 A Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, torna público que

Comentarios


bottom of page