top of page
  • Foto do escritorboasementenet

Marcelino desmente renúncia do cargo de prefeito E assegura que vai estar á frente do cargo até dezembro


O prefeito Marcelino da Farmácia desmentiu que irá renunciar ao cargo, confirmando que continuará à frente do Executivo Municipal. Alegou que a informação é uma especulação dos opositores políticos. “Eu tenho compromisso moral comigo até dezembro, para cumprir as coisas. Quem me colocou aqui foi Deus. Só saio daqui se morrer”, assegurou Marcelino.


“Eu sei que estou incomodando ele. E vou incomodar muito mais. Porque vou produzir muito mais” – assegura ele. Para ele, a informação da renúncia seria uma forma de desagregar o grupo e desestabilizar os servidores. Oficialmente, se Marcelino renunciasse dia 4 haveria necessidade de uma eleição suplementar para escolher um novo prefeito.

Marcelino vai entrar no MP


Além de falar que não renunciará, o prefeito Marcelino assegurou que na próxima segunda-feira entrará no Ministério Público, com denúncia contra o ex-prefeito Sabino e empresários, pela revogação de uma área para negociar com empresários, em 2013. Ele já solicitou ao jurídico da prefeitura o levantamento de todo as revogações dadas na área da Zona Especial de Negócio (ZEN), que seriam destinados a atender políticos ou grupos empresariais indicados por eles.


Outra medida será abrir um pedido de processo contra o vereador Marciel Gonçalves de Jesus, que em plenário na Câmara de Rio das Ostras, teria dito que Marcelino iria renunciar ao cargo por um suborno de R$ 7 milhões pago por empresários.

Comments


bottom of page