top of page
  • gesianefernandes2

Legislativo engajado na proteção animal e segurança dos motoristas


A sessão desta quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Macaé, ainda resultou na aprovação de uma indicação para o estabelecimento de uma parceria entre o município e o governo do Estado. O objetivo é construir passarelas para animais silvestres na RJ-162, no trecho conhecido como “Matinha”, entre o Parque Municipal Atalaia e Córrego do Ouro, na Região Serrana.


Proposta por George Jardim (PSDB), a indicação pretende melhorar a sinalização e evitar mais atropelamentos de animais silvestres naquele trecho da RJ 162. “É uma rodovia do Estado que passa no meio de uma parte da Mata Atlântica, o que coloca em risco a fauna e os condutores de veículos. A ideia é cercar a rodovia dos dois lados e construir uma passarela subterrânea e outra aérea para evitar mais acidentes”.


O vereador Rafael Amorim (PDT) frisou a urgente necessidade de intervenção no local. “Ontem, tive a oportunidade de ver a travessia de uma preguiça na rodovia e um cidadão interrompeu o trânsito para que ela pudesse passar. Em seguida, a PM chegou para auxiliar. Agora, soube que estão organizando uma vigília da própria sociedade para que outros animais não sejam atropelados”.


José Prestes (PTB) destacou que a pista é estreita e sinuosa, o que aumenta o risco de acidente. “Nós que passamos por ali com frequência, sabemos que, muitas vezes, o motorista faz a curva e já se depara com o animal passando”. Ele sugeriu a ampliação da passagem subterrânea para o escoamento de água que existe no local. A ideia é transforma-la em uma galeria, que também possa ser utilizada como via de passagem pelos animais.


Risco de extinção

No dia 24 de outubro, uma onça parda (Puma concolor) foi atropelada neste trecho da rodovia. Mesmo com o socorro emergencial e o atendimento veterinário especializado, o felino ameaçado de extinção não resistiu ao impacto da colisão e morreu. As informações foram passadas pela equipe do setor de Fauna Silvestre do Parque Atalaia e Guarda Ambiental.


Comments


bottom of page