top of page

Inaugurada sala de recursos José Miguel Ribeiro Neves


Texto: Janira Braga

Foto: João Barreto


O nome do pequeno José Miguel Ribeiro Neves está eternizado com a iniciativa da Escola Municipal de Educação Infantil Áttila de Aguiar Maltez Junior, do bairro Cajueiros, de colocar seu nome na sala de recursos multifuncionais. A sala foi inaugurada nesta sexta-feira (4) sob emoção de toda a comunidade escolar. A mãe de José Miguel, a especialista em Educação Inclusiva, Gabriela Ribeiro de Carvalho Neves, será a professora da sala. José Miguel estudava na escola.

- Essa sala vai propiciar aos alunos vivências muito significativas para eles avançarem nas suas aprendizagens, nas suas potencialidades e é um direito lindo de todas as crianças. A gente sempre pode aprender mais e ensinar mais. É uma troca – comentou Gabriela, que foi à escola acompanhada do pai de José Miguel, James Neves e da irmã de José Miguel, a bebê Maitê Neves, de cinco meses.


A diretora geral Simone dos Santos Stutz destacou que o desejo da escola é eternizar o nome de José Miguel. “Hoje com grande alegria e satisfação, com o coração cheio de pesar e com muito amor, a sala recebe o nome de José Miguel. Ao convidar a Gabriela para ser a professora já havíamos entendido que o nome da sala não poderia ser outro”, disse.

De acordo com a coordenadora da educação inclusiva da Secretaria de Educação, Regina Pinho, o público da sala é formado por alunos com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades. “A função é complementar ou suplementar as atividades para os alunos com deficiência. A sala funciona no contraturno da aula regular”, informou.


A coordenadora assinalou que se o professor da sala de aula percebe alguma necessidade educativa especial em um aluno, encaminha para a sala de recursos. Hoje na escola são 14 alunos para atendimento. “Estamos nos tornando um polo, vamos assistir as escolas no entorno”, apontou a diretora adjunta, Grasiele Barbosa.


Grasiele explicou que 121 alunos estudam na escola em dois turnos: de 7h30 às 11h30 e de 13 às 17 horas. São nove turmas reunindo alunos com idade de dois a cinco anos. “Sempre foi um sonho essa sala, preparamos o cantinho da leitura, tudo com muito carinho”, completou.

A sala conta com diversos jogos pedagógicos e recursos de acessibilidade, como kit blokão, bolas, brinquedo, dominó, tudo com diversas cores, tamanhos e formatos.


A secretária de Educação, Leandra Lopes, mencionou que a rede possui 60 escolas com salas de recursos em todos os setores de Macaé, inclusive na serra, e dez salas de apoio pedagógico específicas para alunos com transtornos funcionais. A rede municipal assiste 1.920 alunos com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades.

Posts recentes

Ver tudo

CONCESSÃO DE LICENÇA

PREFEITURA DE CASIMIRO DE ABREU CNPJ N° 29.115.458/0001-78 A Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, torna público que

Comments


bottom of page