top of page

Governo e instituições do comércio discutem etapas de reforma do Calçadão


A readequação das interdições previstas no cronograma das obras de reforma do Calçadão da Avenida Rui Barbosa, executadas pelo Governo do Estado, foi proposta nesta segunda-feira (19) pela Prefeitura, atendendo, assim, à demanda apresentada por instituições que representam o comércio de Macaé.

A solicitação foi apresentada pelo prefeito Welberth Rezende ao se reunir com o representante da empresa contratada pelo Estado para executar o projeto, Washington de Oliveira, junto aos presidentes da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Frederico Barreto e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Macaé (CDL), Luís Henrique Fragoso.

“Macaé recebe hoje obras importantes realizadas pelo governo do Estado que nos ajudam a melhorar a infraestrutura da cidade. Vamos oferecer o suporte necessário para que a intervenção no Calçadão aconteça da melhor forma que não interfira de forma direta na dinâmica do comércio na área central da cidade”, destacou o prefeito.

As obras no Calçadão estão concentradas, atualmente, no trecho compreendido entre as Ruas Silva Jardim e Euzébio de Queiroz e seguem com a implantação das estruturas de concreto que compõem a pavimentação do pátio de circulação de pedestres.

“Vamos avaliar, para os próximos trechos, a proposta de reduzir a área do canteiro de obras atendendo a demanda dos comerciantes. Estamos sempre à disposição para discutir as dúvidas sobre as etapas do projeto”, afirmou Washington de Oliveira.

Além da adequação na montagem do canteiro das obras, a manutenção ou expansão das redes de serviços de saneamento, gás e energia implantadas no subsolo do Calçadão, também foi discutida na reunião, cronograma que será avaliado pela equipe da Secretaria de Obras de Macaé junto às concessionárias responsáveis pelas redes. A medida visa evitar que novas intervenções sejam realizadas após a conclusão do projeto de revitalização do Calçadão.


“A preocupação dos comerciantes é quanto a divisão das etapas da obra que não interfira no movimento esperado nas principais datas do setor. Discutir o projeto é de suma importância para todos nós”, afirmou Frederico Barreto, presidente da ACIM.

As adaptações propostas pelo governo municipal visam também evitar que o projeto interfira no movimento do comércio do Calçadão em datas importantes para o setor, em especial, o Natal.

“A revitalização do Calçadão é, de fato, um presente para os lojistas. E, por isso, a obra precisa ser bem feita, atendendo aos anseios dos empresários que seguem na área central da cidade”, apontou Luís Henrique Fragoso, presidente do CDL.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, reafirmou o compromisso do governo em manter o diálogo entre as instituições empresariais e o Estado, para acompanhar o andamento das obras.

A reunião contou também com a participação de Santiago Borges, Secretário de Infraestrutura; Felipe Bastos, Secretário de Obras e Luiz Fernando Pessanha, Secretário da Casa Civil.

Posts recentes

Ver tudo

CONCESSÃO DE LICENÇA

PREFEITURA DE CASIMIRO DE ABREU CNPJ N° 29.115.458/0001-78 A Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, torna público que

Comentarios


bottom of page