top of page
  • gesianefernandes2

Macaé tem Educação intensifica combate à evasão escolar




A Secretaria de Educação, por meio da Superintendência de Educação Inclusiva e Social, intensificou neste início de ano o combate à evasão escolar com o projeto “Volta pra Escola”. Dos 624 alunos nesta situação, oriundos de 66 unidades, 162 foram matriculados em 2023, 31 foram matriculados fora da rede, 65 estão em fase de pré-matrícula e 366 estão em atendimento.


De acordo com a superintendente de Educação Inclusiva e Social, Janaína Pinheiro, o projeto foi para alunos considerados evadidos da rede municipal de ensino de Macaé no ano de 2022. As ações estratégicas adotadas foram previstas para o período de 23/01/2023 a 30/01/2023, no entanto, foram desenvolvidas até o dia 17/02/2023.


- Todos os casos listados foram objeto de intervenção do serviço social, nosso objetivo foi desenvolver ações de busca ativa aos estudantes e responsáveis, através da Coordenação de Educação Social, com vistas a assegurar a permanência destes na rede municipal de ensino de Macaé, priorizando a matrícula na última unidade escolar frequentada, caso seja esse o interesse, considerando a idade obrigatória de quatro até 17 anos – destacou Janaína Pinheiro.


A equipe envolvida foi formada por assistentes sociais, que oportunizaram aos alunos, responsáveis e equipe gestora, acolhimento e intervenções qualificadas frente às expressões da questão social reprimidas no ambiente escolar visando à permanência de estudantes na unidade escolar.


Também participaram professores coordenadores de campo que atuaram em ações voltadas ao enfrentamento à infrequência e evasão escolar, no âmbito pedagógico. Segundo a superintendente, entre as ações estratégicas foram realizadas divulgação da ação com as direções das unidades escolares, identificação do estudante e de seu histórico nos sistemas e arquivos da Coordenação de Educação Social (FICAI e Formulário de Atendimento do Serviço Social).


Além disso, a equipe fez contato telefônico com as famílias com agendamento de atendimento com vistas a efetivar a rematrícula, visita institucional à unidade escolar mediante avaliação técnica, visita domiciliar mediante avaliação técnica e articulação com o Sistema de Garantia de Direitos e Rede de Proteção Social.


- Dos 624 alunos, 58,7% seguem em atendimento pelo serviço social, 26% realizaram matrícula em 2023, 10,4% estão com pré-matrícula aguardando o resultado em primeiro de março e/ou ainda não compareceram à Unidade Escolar para efetivar a matrícula e 5% foram transferidos para rede particular, estadual e/ou outros municípios. Vamos continuar com ações para combater a evasão escolar – ressaltou a superintendente de Educação Inclusiva e Social, Janaína Pinheiro.

Posts recentes

Ver tudo

CONCESSÃO DE LICENÇA

PREFEITURA DE CASIMIRO DE ABREU CNPJ N° 29.115.458/0001-78 A Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, torna público que

Comments


bottom of page