top of page
  • Foto do escritorboasementenet

Eduardo Paes demite aliado de Cunha e afasta grupo de Crivella

O pré-candidato a reeleição a prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) exonerou o secretário municipal de Habitação, Marcus Vinícius Medina Costa, assim como os presidentes da Rioluz, Raoni César Ras; e do IplanRio, Michell Yamasaki Verdejo – ambos indicados pelo Republicanos. Todos são aliados do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PRD). Com isso, Paes coloca ponto final da aliança como os Republicanos.


O senador e ex-prefeito Marcelo Crivella lamentou o rompimento entre o gestor carioca e seu partido, o Republicanos, que estariam juntos nas eleições municipais deste ano. Crivella classificou as demissões com atitudes “irreversíveis”. "Eu lamento porque eu acho que essa demissão causa uma situação irreversível. O ideal seria ter conseguido rever o contrato de licitação, de valores e readequar os serviços" afirmou o ex-prefeito.


Com um passado de rusgas com Paes, Crivella disse ainda que estava convicto a seguir a orientação partidária e subir no palanque de seu antigo adversário: "Tenho nada contra Eduardo e nem disse que não subiria em seu palanque. Agora, o partido vai se reunir no Rio, tomar uma decisão e nós vamos acatar. Eu sou soldado do Republicanos" finalizou. Mas nos bastidores a informação é de que Crivella não subiria no palanque de Paes e permaneceria neutro, se não houvesse esse rompimento.



Comments


bottom of page